Por determinação do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Decreto Nº 45.684/ 2016, o Programa Renda Melhor Jovem está suspenso por tempo indeterminado. Mais informações favor entrar em contato pelo telefone 21 2334-5777.

 

 

O que é o programa?

O Renda Melhor Jovem é uma premiação anual destinada aos jovens integrantes de famílias beneficiadas pelos programas Renda Melhor e Cartão Família Carioca matriculados no ensino médio da rede estadual com até 18 anos. O estudante receberá o benefício ao ser aprovado no fim de cada ano letivo.

O Programa Renda Melhor Jovem foi criado com o objetivo de incentivar a permanência do jovem na escola, contribuir para a redução da repetência e da defasagem idade-série, melhorando os índices de qualidade do aprendizado e estimulando a conclusão do ensino médio. Sendo assim, torna possível que o jovem dê o primeiro passo para se colocar no disputado mercado de trabalho do Estado Rio de Janeiro. Além disso, permite que ele consiga ampliar suas oportunidades em direção à concretização de seus sonhos e se tornar um agente transformador de sua própria vida.

Para se manter no programa, além de ser aprovado, o estudante deve realizar no mínimo 2/3 (dois terços) das avaliações bimestrais estaduais (Saerjinho) por ano ? proporcionais ao mês de adesão ao Programa -, além de realizar, nos anos subsequentes à adesão, ao menos duas avaliações bimestrais estaduais (Saerjinho) por ano. Para os alunos concluintes, a prova anual do Sistema de Avaliação da Educação do Estado do RJ (Saerj) também é obrigatória, havendo a necessidade de justificar a ausência. O jovem também não poderá ser reprovado em qualquer ano letivo ou ficar em dependência no ano de conclusão.

O Programa Renda Melhor Jovem é gerido por meio da parceria entre três instituições do Governo do Estado (SEASDH, SEEDUC e PRODERJ), além do agente pagador (Banco do Brasil).

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH) é a instituição responsável pela coordenação das ações do programa e pela resolução das demandas apresentadas através dos canais de atendimento, realizando, para tal, a articulação das informações entre os demais parceiros.

Com a liberação dos recursos financeiros pela Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC), a SEASDH conduz o processo de pagamento dos beneficiários, sendo igualmente responsável pela divulgação deste aos jovens.

Além de descentralizar os recursos para os pagamentos, a SEEDUC é o órgão responsável por identificar e repassar ao PRODERJ os dados sobre os jovens considerados aptos a fazer parte do programa, de acordo com a legislação, bem como por verificar a veracidade das informações sobre rendimento escolar dos beneficiários e realizar o atendimento às dúvidas e acertos relacionados às informações educacionais.

O Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (PRODERJ) é o responsável pelo gerenciamento da tecnologia, incluindo a alimentação dos dados dos alunos no sistema transacional do Programa Renda Melhor Jovem. A instituição atua também na intermediação entre a SEASDH e o operador bancário no momento da realização dos pagamentos.

Lista de pagamento do 2° lote de 2014

Pagamentos realizados pelo Programa Renda Melhor Jovem

Selecione o ano letivo:



 



Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados